20 de nov de 2011

O que move cada pessoa é o que realmente faz diferença no resultado do trabalho.



Quando resolvi começar este blog pensei em reunir gente com os mesmos objetivos  e que também gostem de compartilhar suas idéias. Na época buscava algo que eu pudesse juntar o gosto por trabalhos artesanais com uma atividade que me rendesse alguma fonte de renda, foi então que resolvi ressuscitar minhas máquinas de costuras. Eu já tinha muita coisa guardada mas também investi em muitas coisas novas. No final havia uma boa quantidade de coisas de costura que me serviriam para os primeiros trabalhos. Pesquisei, busquei informações, conversei com muitas blogueiras, troquei e-mails, mensagens, li muito sobre vários assuntos relacionados a patchwork, aplicação de bordados, tentando achar um caminho para dar início aos meus projetos. 
Por que estou falando tudo isso? Porque eu li um post da Verônica Kraemer, do blog Além da Rua Atelier, onde ela falava do início do seu trabalho, do fato de ter deixado sua carreira acadêmica para se dedicar aos trabalhos artesanais. A Verô é uma talentosa artista com um coração maravilhoso, sempre disposta a trocar idéias e compartilhar o que sabe.
Como ela, ao longo desses meses, eu conheci muita gente que trocou um trabalho formal por uma carreira de "arteira". Os motivos são os mais variados desde "tempo para cuidar melhor das crianças" até "fazer o que realmente gosto". O que move cada pessoa é o que realmente faz diferença no resultado do trabalho.
No meu caso, após ter fechado um pequeno negócio, fiquei sem chão para recomeçar. Precisava de um trabalho em que pudesse fazer meu próprio tempo, trabalhar no meu próprio ritmo, ter tempo para me dividir entre duas casas e não ficar presa entre quatro paredes. Foi assim que me aventurei nos trabalhos artesanais, apesar de algumas pessoas terem a infeliz tendência  para desmerecer a atividade como se não fosse um trabalho mas um hobby. Eu escolhi me dedicar a minha marca e tenho tido boas surpresas com o resultado das vendas. Não sou profissional, estou muito longe disso mas tenho aprendido e melhorado a cada dia.
Estou escrevendo acerca desse assunto porque acho que temos muito o que compartilhar sobre esse universo do artesanato, seja como hobby ou como atividade profissional. Existem vários depoimentos e entrevistas com pessoas da área que já estão a mais tempo que eu e todas sempre relatam coisas parecidas tais como perseverança, dedicação, persistência, determinação, vencer medos, preconceitos até conseguir se estabelecer, ter seus produtos divulgados e levados a sério. 
Se você também tem vontade de mostrar as coisas que faz, não se intimide, mostre.  Existe muita gente boa que não se incomoda em dar um "help", sugestão, dicas, basta termos humildade para ouvir e aprender. As verdadeiras arteiras artistas não se incomodam com o crescimento dos outros, elas sabem que cada pessoa tem sua originalidade, tem aquele "quê" que faz com que sejamos diferentes e originais. 
Para terminar eu deixo um textinho que li lá no blog da Verô e que acho que tem tudo a ver com o que estou tentando falar aqui. Eu já pedi emprestado a ela para postar aqui tá gente?


PERSISTÊNCIA
” O ramo da arte é muito ardiloso. Você quer trabalhar nele, mas precisa viver. Então, arruma um emprego, e depois, na hora de se dedicar à arte está tão cansado que não consegue fazê-lo.
Mas quando amamos o que fazemos, encontramos um jeito de continuar fazendo. Eu tive muita sorte. Tem muita gente que nos ajuda durante o percurso. Muitas pessoas me ajudaram a prosseguir ao longo de minha vida.E recebemos essa ajuda porque fizemos alguma coisa, portanto temos que continuar a fazê-la.
Muito do que aconteceu comigo foi obra da sorte. Mas devo dizer: tente arranjar um emprego que lhe dê algum tempo livre; durma e se alimente bem, e trabalhe o máximo que puder. Há muito prazer em fazer o que se ama.
Talvez isso abra as portas e você encontre um jeito de fazer o que gosta.
Espero que faça. 

Do livro EM ÁGUAS PROFUNDAS, do David Lynch


Link da Verô : Além da Rua Atelier

E você como foi que começou? quem te motivou ou te inspirou? 
Voltarei depois para falarmos mais sobre o assunto. Por hoje é só.

Um beijão queridas flores formosas!
Boa semana a todas!
Beijussssss




18 comentários:

Artes da Sandra disse...

Adorei o post. E considero vc uma dessas pessoas que sempre dá um help a quem pede. Comigo foi bem assim. Pedi sua ajuda e até email com risco de letras você me mandou. Parabéns Jac . Te desejo muito mais sucesso do que vc tem.
Um bjo grande.

marcia disse...

Jac, amada de Deus,
muito bom o seu post, tenho certeza que vai ajudar muitas pessoas a se posicionarem, e encorajá-las naquilo que realmente querem. Deus te abençoe ainda mais, te iluminando em tudo na sua vida, que seus trabalhos continuem cada mais te satisfazendo, te fazendo feliz em todos os aspectos.
Márcia

Fernanda Reali disse...

Excelente, Jac!!!
Vou compartilhar no face e no twitter.

beijooo

Coisas de Andréa disse...

Oi Jac, este post veio em boa hora!
Adorei! Faço artesanatos há muito tempo, mas nunca pude me dedicar totalmente...tenho pensado muito nisso!
Suas palavras soaram como um incentivo, obrigada!
Beijos e uma linda semana.

Valérie Roberto disse...

Lindo seu depoimento! Vc é profissional sim! Não é porque a produção não é imensa, que vc não seja.

Profissionalismo para mim, começa quando entendemos que há espaço para todos desde que tenham criatividade e originalidade.

E eu acho que vc tem isso viu? Vou fazer uma visitnha nas outras postagens para verificar! rsrs

Beijoca

Angela disse...

Adorei o post realmente tem espaço pra todos.
Fiquei desempregada a um ano e resolvi fazer o que gosto, ficar em casa(cuido do neto) e ganhar dinheiro.
Exatamente tudo que você falou, por isso me identifiquei muito com seu post.
Cheguei aqui através da Fernanda Reali e agora voltar sempre.um abaço
Angela

Marion disse...

Muito bom! Parabéns pela iniciativa e empreendedorismo! Concordo plenamente: quem é bom, compartilha! Teus trabalhos são lindos - desejo sucesso, sempre! Por enquanto faço como hobby (sempre fiz), mas também faço meus presentes e, quando dá, aceito encomendas (isso, desde a adolescência!)...e é muito bom!!!
Marion

Beth Salvia disse...

O Frô que coisa liiinda, e eu que misturo as duas coisas: a Academia e o artesanato, faço acessórios para vender e outras coisitas que venho aprendendo por esses anos, nunca abandonarei a profissão academicista porque amo estudar, orientar meus alunos. Acredite se quiser, nunca assisti uma novela, pq nesse horario ou dou aula ou me atualizo estudando (terminei a poucos dias o doutorado). Por outro lado desde adolescente desenhava minhas roupas e customizava tecidos de algodão cru para fazer minhas blusas a mão. Faço artesanato e dou aula porque amoooo e isso desejo a todas nós, fazer artesanato não é so pra vender, tem que gostar, criar, se atrever, a gente percebe que suas peças são feitas com amor.
se inspirar na Vero é outra dádiva, bjs e desculpa por me alongar.

Neli Rodrigues disse...

Que post cheio de conteúdo, mto bom.
Com persistência, dedicação e vontade de aprender cada vez mais, a tendência é se destacar, os frutos virão.
Bjs♥

Lu Machado disse...

Lindo post flor. Precisamos sempre acreditar no nosso potencial e correr atrás dos nossos sonhos, sempre nos valorizando e valorizando nosso próprio trabalho.
Já estou seguindo.
Blogueiras unidas 1218.

Bjnhos,

encantobylu.blogspot.com

Jô Santos disse...

Obrigada pela visita lá no blog.
Eu era bem básica antes, mas agora estou me animando a usar umas cores mais chamativas... rsrs
Adorei o seu espaço
http://maosdemocas.blogspot.com/
Bjs

elisangela disse...

olá bom dia amei seus trabalhos,e principalmente suas palavras de coragem,foi o incentivo que precisava pra criar um blog,não estou conseguindo mexer muito nele mas vou conseguir pois sou persistente,ah! e aproveitando vai lá no meu cantinho fazer uma visitinha.http://artesdahellen-elisangela.com

FezinhaArtes disse...

Amei seu blog... sou do grupo das Blogueiras Unidas, o número 1201... Estou te seguindo...

Dê uma passadinha no meu blog e siga-me.
Você será bem vinda!

http://fezinhaartes.blogspot.com

Beijos

Cíntia disse...

Olá, Jac!!!Adorei seu texto, bem realista,bem edificante :)
Eu não sei fazer nada de arte :S por isso,dedico minhas horas vagas a cuidar de plantas e bichos,amoooo isso :)
Beijinhoss

Luciene de Paula disse...

Ola, participo da parceria Blogueiras Unidas, meu numero de identificaçao é o 987 !Ja virei sua seguidora, quero te convidar para conhecer o meu blog e me seguir tambem!
http://aprendizdecabeleireira.blogspot.com/2011/10/cadastre-seu-blog-na-lomadee-e-ganhe.html

Candydreams disse...

Oi querida!
Vim conhecer o blog através das blogueiras unidas. Sou o nº 674.
Gostava de deixar o convite para ires conhecer o meu cantinho em http:\\mixingdreams.blogspot.com

Já estou seguindo.
Beijinhos doces

Fabricio disse...

Olá. Parabéns pelo seu trabalho!

Comercialize os seus produtos na nossa loja virtual.
www.artesnatela.com.br
blog: www.artesnatela.com.br/blog

Pura Ideia disse...

TEXTO SHOW COMO TUDO POR AQUI....
AMEI !
VIM FAZER UMA VISITA ... BJS JAC .
ESTA DE PARABÉNS ...
SIMONE LAM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...